Warning: Use of undefined constant ĎWP_MEMORY_LIMITí - assumed 'ĎWP_MEMORY_LIMITí' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/23/28/cloudcomputingbrasil/public_html/wp-config.php on line 42

Warning: Use of undefined constant í128Mí - assumed 'í128Mí' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/5/23/28/cloudcomputingbrasil/public_html/wp-config.php on line 42
Paulo Boschim Jr., Author at Cloud Computing Brasil

Arquivos do autor: Paulo Boschim Jr.

“A forma de consumir TI est√° mudando e isso √© fato. Flexibilidade √© a palavra da vez e na medida em que as √°reas de tecnologia ganham espa√ßo e import√Ęncia dentro das organiza√ß√Ķes, surge tamb√©m uma s√©rie de questionamentos a respeito da melhor forma de maximizar os recursos, n√£o s√≥ financeiros como tamb√©m humanos, investidos na gest√£o da infraestrutura de TI. Com um novo ano come√ßando, talvez seja o momento de refletir se n√£o √© a hora tamb√©m ser disruptivo e mudar a formar como sua empresa tem consumido TI.” * Segundo o IDC, 80% do tempo das equipes de TI √© despendido erroneamente com atividades operacionais e rotineiras, como, por exemplo, reuni√Ķes e na gest√£o da infraestrutura propriamente dita (provisionamento de armazenamento, servidor e rede, monitoramento e solu√ß√Ķes de problemas, entre outros). Por outro lado, apenas 14,5% do tempo dispon√≠vel relacionam-se √† inova√ß√£o e aos novos projetos. Essa conta…

Leia mais

Estudo conduzido pelo MIT Technology Review Custom a pedido da VMware destaca os maiores desafios das estrat√©gias de uso de m√ļltiplas nuvens para mais de 1,3 mil executivos de TI V√°rios fatores est√£o determinando o movimento para um ambiente multicloud: aprisionamento tecnol√≥gico, soberania de dados, inova√ß√£o e necessidade de servi√ßos espec√≠ficos de aplica√ß√Ķe. Mas essa estrat√©gia tamb√©m tem esbarrado em alguns obst√°culos, t√©cnicos e gerenciais, muitas vezes dif√≠ceis de transpor. Entre eles est√£o problemas com o legado, gerando inconsist√™ncias nos processos e nos ambientes, e maiores preocupa√ß√Ķes com a seguran√ßa. Em resumo, s√£o esses os resultados do estudo ‚ÄúAfter Deployment Storms, Skies Turn Sunny For Multi-Cloud Environments‚ÄĚ (‚ÄúAp√≥s a tempestade da implementa√ß√£o, os c√©us se abrem para ambientes multicloud‚ÄĚ, em tradu√ß√£o livre), conduzido pelo MIT Technology Review Custom a pedido da VMware, para analisar a atitude de mais de 1,3 mil tomadores de decis√Ķes globais de TI de grandes empresas.…

Leia mais

Com o IBM InterConnect 2017 sendo realizado entre os dias 19 e 23 de mar√ßo, em Las Vegas, era de se esperar que a big boss da IBM, Virginia Marie Rometty, marcasse presen√ßa no painel oficial de abertura do evento, certo? Quem esperava ver Ginni no palco montado no meio do gin√°sio do Centro de Conven√ß√Ķes de Mandalay Bay, no entanto, acabou se deparando com Arvind Krishna e David Kenny no comando da apresenta√ß√£o realizada na manh√£ da segunda-feira (20). Ser√° que a CEO teve algum problema e precisou ser substitu√≠da por outros executivos do alto escal√£o da IBM √†s pressas? Ou, quem sabe, preferiu deixar a feira focada em cloud nas m√£os dos principais nomes do setor dentro da empresa? Nada disso! Uma combina√ß√£o de agenda cheia e timing perfeito fez com que a chairwoman dominasse o tablado n√£o no primeiro, mas sim no segundo dia oficial de atividades…

Leia mais

A replica√ß√£o √© usada como um servi√ßo de prote√ß√£o de dados cr√≠ticos. Se um centro de dados cai por qualquer motivo, o processo de replica√ß√£o feito antes dele ajuda na recupera√ß√£o dos dados de um desastre. Como resultado, nos √ļltimos tempos, a replica√ß√£o provou ser o m√©todo de transfer√™ncia e prote√ß√£o de dados mais adequado e √°gil em ambientes de TI cada vez mais virtualizados. Existem dois tipos de replica√ß√£o: s√≠ncrona e ass√≠ncrona. Replica√ß√£o ass√≠ncrona: Os dados s√£o gravados em um site (local) prim√°rio e secund√°rio. Os dados chegam ao destino de replica√ß√£o do host de replica√ß√£o com um atraso, variando de quase instant√Ęneo a minutos ou mesmo horas. Se a replica√ß√£o estiver sendo feita para um data center geograficamente separado, a replica√ß√£o ass√≠ncrona √© considerada eficaz, pois trabalha de forma coesa com lat√™ncia da rede e √© tolerante √† largura de banda. Por esse motivo, alguns especialistas em armazenamento…

Leia mais

Quando se fala sobre um plano de backup da organiza√ß√£o, para quando seus sistemas e aplicativos ca√≠rem, h√° tr√™s termos que voc√™ provavelmente ouvir√° muito: recupera√ß√£o de desastres, alta disponibilidade e toler√Ęncia a falhas. Enquanto esses termos est√£o relacionados uns com os outros, vale a pena conhecer as diferen√ßas entre eles e entender o papel que desempenham na manuten√ß√£o de seus sistemas. Hoje vamos definir o que significa cada termo, demonstrar o que parece em a√ß√£o e explicar por que √© importante para o sucesso de sua organiza√ß√£o. Recupera√ß√£o de Desastres (DR) Refere-se ao conjunto de pol√≠ticas e procedimentos em vigor para assegurar a continuidade e recupera√ß√£o de sistemas de miss√£o cr√≠tica no caso de um evento disruptivo, como uma queda de energia, inunda√ß√£o ou ataque cibern√©tico. Em outras palavras, com que rapidez voc√™ pode obter seus computadores e sistemas em funcionamento ap√≥s um evento desastroso? Em sa√ļde, HIPAA exige…

Leia mais

A tecnologia SDS da empresa brasileira Ustore vem mais uma vez desbravando e se destacando no mundo de gigantes como Amazon, IBM, Microsoft, …. Com sua capacidade de gerar conhecimento e novas tecnologias. Recentemente, precisamente dia 20 de janeiro de 2017 a equipe Ustore gerou um volume √ļnico de, nada mais nada menos, incr√≠veis 2 petabytes, mas o que isso significa? Quanto petabyte representante em volumetria? Para come√ßar, temos que entender o que √© Petabyte? 1P (Petabyte) √© equivalente a 1.000TB, cada 1TB √© equivalente a 1.000GB, cada 1GB √© equivalente a 1.000MB, est√° confuso? N√£o se sinta mal, √© muito n√ļmero mesmo, 1P √© equivalente a 1.000.000.000.000MB, n√£o ajudou n√©? Talvez a tabela abaixo te ajude a deslumbrar sua totalidade. Qual seria a utilidade de 1 volume de 2 petabyte? Fazendo uma analogia, imagine que um engenheiro tenha a ambi√ß√£o de construir o maior pr√©dio do mundo, primeiro √©…

Leia mais

V√°rios novos servi√ßos de armazenamento em nuvem peer-to-peer est√£o come√ßando a aparecer no mercado, alegando seguran√ßa forte e armazenamento confi√°vel. Como os dados s√£o armazenados em locais diferentes, quebrados em blocos, mais fragmentados em partes, √© quase imposs√≠vel para qualquer pessoa al√©m do propriet√°rio de dados obter acesso a ele. Vamos dar uma olhada nesses servi√ßos e o que eles podem oferecer √†s empresas. Ao pensar em armazenamento peer-to-peer em nuvem imaginamos algo semelhante ao sistema de distribui√ß√£o de arquivos BitTorrent, uTorrent, transmission,.. torrents em geral. Os usu√°rios do Torrent aceleram a transmiss√£o de arquivos armazenando o mesmo arquivo, ou partes dele, em v√°rios locais. Quando novos usu√°rios come√ßam a baixar qualquer arquivo, eles tamb√©m come√ßam a compartilh√°-lo no momento em que alguns blocos s√£o baixados. Como n√£o h√° um diret√≥rio “oficial” de arquivos BitTorrent, √© quase imposs√≠vel parar a distribui√ß√£o. Um servi√ßo de armazenamento em nuvem peer-to-peer tem v√°rios…

Leia mais

Modelo PCaaS tem sido apontado como alternativa para redu√ß√£o de custo nas empresas e aumento de produtividade do neg√≥cio. Como j√° se sabe, TI √© pe√ßa-chave para alcan√ßar os objetivos de redu√ß√£o de custos e aumento de efici√™ncia dentro das empresas. E computa√ß√£o em nuvem e a an√°lise de grandes volumes de dados, o famoso big data, est√£o no topo da lista das tecnologias mais utilizadas atualmente para este fim. Junto a elas, inova√ß√Ķes t√™m surgido e v√™m evoluindo rapidamente, entre elas o chamado PC como servi√ßo h√≠brido ‚ÄĒ ou Hybrid PC as a Service (PCaaS). Trata-se de modelo no qual o usu√°rio utiliza o dispositivo on-premises, da mesma forma como se fosse um PCaaS tradicional, mas acessando as funcionalidades do computador na nuvem p√ļblica. ¬†O modelo PCaaS tem sido apontado pelo mercado como uma das principais tend√™ncias para os pr√≥ximos anos, como alternativa para redu√ß√£o de custo nas empresas…

Leia mais

Por que os profissionais de TI devem se preocupar desde j√° com a Internet das Coisa. A IoT traz consigo aplica√ß√Ķes mirabolantes e a promessa de disrup√ß√£o. Mas uma coisa √© certa – h√° tantas d√ļvidas a respeito da tecnologia quanto haver√° gigantescas quantidades de gigabytes sendo geradas pelos sensores Jonathan Hassell, CIO/EUA Publicada em 18 de fevereiro de 2017 √†s 08h15 A Internet das Coisas (IoT) promete tornar tudo mais inteligente e eficiente. As redes inteligentes, os contadores inteligentes, as geladeiras inteligentes e os carros inteligentes s√£o apenas alguns exemplos mencionados em cada artigo e paper sobre o tema. Mas enquanto esperam pelas aplica√ß√Ķes atraentes e inovadoras, os CIOs continuam a ter duas grandes √°reas leg√≠timas de preocupa√ß√£o quando pensam em como a mec√Ęnica da IoT afetar√° suas organiza√ß√Ķes: armazenamento e seguran√ßa. Manuseio da grande quantidade de dados √Č not√≥rio que o c√©rebro humano tem dificuldade pa¬†ra entender com…

Leia mais

Tipos de discos Existem tr√™s tipos diferentes de unidades de disco r√≠gido: Serial Attached SCSI (SAS) Linha perto SAS (SAS-NL) Serial ATA (SATA) SCSI SAS Tamb√©m conhecido como n√≠vel 1, esses 10K e 15K RPM SAS unidades Padr√£o geral de armazenamento nestes dias Mais confi√°vel Geralmente alta performace Baixa BER (Bit Error Rate) do que outros tipos de disk.1 em 10 ^ 16 bits Discos SAS t√™m um tempo m√©dio entre falhas de horas 1,6 milh√Ķes, em compara√ß√£o com 1,2 milh√Ķes de horas para SATA Pares de discos/controlador SAS tamb√©m t√™m uma infinidade de comandos adicionais que controlam os discos e isso faz SAS uma escolha mais eficiente do que a SATA. Near-line SAS Um disco NL-SAS √© constituido por discos SATA com um conjunto de comandos nativos do SAS. NL-SAS unidades s√£o drives SATA de empresa com uma interface SAS, cabe√ßa, m√≠dia, e velocidade rotacional de classe empresarial tradicional…

Leia mais

10/15

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0